Presidente José Hugo fala sobre as parcerias e a (re)criação do Superintendente Geral



Sabendo das dificuldades existentes para fechar as contas do segundo semestre de 2015, a Diretoria do Clube Atlético Linense, procurou encontrar patrocinadores/investidores, que garantissem um “cash-flow”, que assegurasse até 31 de dezembro, pagamento de atletas, funcionários e as despesas correntes do dia-a-dia do Elefante da Noroeste. O Presidente José Hugo expõe claramente à toda a torcida Atleticana e para que não fique nenhuma dúvida como se configurarão os investimentos no Clube até final do ano, com a eventual possibilidade de se estender a 2016:   

“Uma das parcerias foi com a empresa “NB Sports” do Nelsinho Batista Filho, cujo pai é o conhecido Treinador Nelsinho Batista e também com Marcos Secundino, um investidor pessoa física, ambos da região de Campinas. Ambos trabalham em conjunto e foi acordado um aporte ao Linense de R$ 300.000,00 para viabilizar este nosso segundo semestre. Esse aporte de R$ 300.000,00 já foi realizado e já foi repassado ao Clube Atlético Linense. O valor em questão, será pago em 2016 em três parcelas de valores iguais, e sem juros e sem correção, tratando-se de uma simples devolução de valores. Esse pagamento estará vinculado à transferência de verbas da Federação, referentes ao Paulista de 2016. A única condição colocada pelos investidores é que, até final do Paulista de 2016, ou seja, 30 de junho de 2016, é que todo o atleta que o jogador comercializar, acima do valor de R$300.000, os investidores receberão uma porcentagem de 10% sobre o lucro que o Linense irá ter sobre a venda. Em caso de venda abaixo de R$300.000,00 essa verba recebida pelo Linense será para reposição do valor cedido ao Clube. Ou seja, o que se pretende nesta parceria é também, e como os investidores estão ligados ao mercado do futebol, nos ajudem na negociação e na venda dos atletas. Existe também um acordo que permite à “NB Sports” e ao Marcos Secundino, que eles podem colocar no elenco do Linense de 2016, somente um total de quatro jogadores. Mas essa colocação no elenco de eventuais quatro atletas dos investidores, terá sempre a nossa palavra final, com o respaldo da nossa Comissão Técnica, de dizer sim ou não a essas indicações. E o contrário também o poderemos fazer; de indicar aos investidores atletas que sejam do nosso interesse e que eles os consigam trazer para o Linense,” comentou o Presidente José Hugo. 

Outra situação já solucionada, é a questão da participação do Linense sub-20 na Copa Paulista de Futebol Junior de 2016, onde a cidade de Lins será mais uma vez uma das sedes dessa competição: “O Linense fechou também já com um grupo de investidores parceiros para a Copinha de Futebol Junior de 2016, para que tenhamos um time competitivo. Os parceiros são: “Casa Soccer”, “Velop4”, Jorge Dadalt e André Costa (empresário do Ralph) e mantemos também o atual parceiro M2R. Estávamos preocupados com a nossa situação financeira e não sabíamos se teríamos condições de participar na Copinha à um bom nível.  Procuramos diversas alternativas para resolver essa situação de uma forma positiva e acabamos fechando com esse grupo de empresas/empresários, gente do futebol e entendemos que concretizamos uma boa parceria. Esse grupo de investidores serão responsáveis por todo o aporte financeiro de salários de jogadores, da comissão técnica e todos os custos relacionados à pré-temporada e participação na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2016”. Outra das decisões é a da volta da figura de Superintendente Geral do Clube, deliberação  tomada na última reunião da Diretoria: 

“Estamos buscando um equilíbrio, para racionalizar a gestão de pessoas e bens no Linense, dar uma mais rápida resolução a questões e problemas do dia-a-dia da vida do Clube, centralizando essas situações numa só pessoa. É sabido que eu, por motivos de ordem profissional me ausentado bastante de Lins nos últimos tempos, e isso deverá até se intensificar nos próximos tempos. Então achamos por bem recriar esse cargo e conversamos com o Fausto, que é uma pessoa sempre muito presente e que tem a amizade, o respeito e o carinho de toda a equipe de funcionários do Clube. Quero salientar que a nossa reduzida equipe de funcionários, são extremamente participativos, que dão o seu melhor e bastante fácil de ser liderada e trabalhar em conjunto. Conversamos com o Fausto e ele assume essa função de Superintendente do Clube, mantendo a função de Gerente de Futebol. Mas isso não significa que eu vá estar ausente. Nada disso... eu falo com o Fausto diariamente e não só com ele mas também com outros funcionários. Mas precisamos que tenhamos uma pessoa sempre presente todos os dias no Clube e que centralize as situações imediatas que vão surgindo e que precisam de rápida resolução e achamos por bem, na última reunião da Diretoria, atribuir esse cargo ao Fausto, tendo ele aceite essa sua nova função”, finalizou o Presidente José Hugo. 

Avante Linense, Avante




CANAL DO TORCEDOR