Geraldo do Carmo, glória atleticana de 1953 foi homenageado neste sábado



O seu pai, Miguel do Carmo nasceu em 1885. Quando menino, morava em uma daquelas históricas casas da Rua Abolição, reservadas a funcionários da Companhia Paulista. Ele trabalhou como ferroviário, e jogava futebol com os garotos no bairro onde nasceu o clube. O rapaz cresceu, se casou, teve dez filhos. Mas morreu muito jovem, aos 47 anos, em 1932. Um dos seus filhos, Geraldo do Carmo, está vivo e de boa saúde até hoje, e mora no Jardim Garcia. Ele tinha só 5 anos quando o seu pai partiu deste mundo. Mas a paixão pela bola estava no sangue. Ele próprio se tornou jogador de futebol profissional. 

Começou jogando ainda adolescente no Mogiana, nos anos de 40. Às vésperas de fazer 25 anos, em 1950, foi contratado pelo Guarani. E aí, o volante fez carreira: foi campeão paulista da divisão de acesso jogando pelo Linense, em 53; e também teve passagens pelo XV de Jaú, Comercial e Francana. Ele voltou a trabalhar no Guarani depois de aposentar as chuteiras. Foi técnico da equipe de base e treinou revelações como Zetti, Neto e João Paulo.

Hoje, Geraldo do Carmo tem 86 anos. Mora em uma casa simples da Rua Cerqueira César, no Jardim Garcia, em Campinas,e se diverte muito contando os causos da bola. Era uma época romântica, de dinheiro curto, mas de futebol apaixonado. 

No Clube Atlético Linense, Geraldo jogou por cinco temporadas, sempre dedicados ao Clube com muito empenho e dedicação; seu ponto alto à serviço do Elefante da Noroeste foi elevar pela primeira vez o Clube Atlético Linense subir para a Primeira Divisão Principal da Federação Paulista de Futebol, em 1 de junho de 1953, vencendo a Ferroviária no Estádio do Pacaembu, pelo placar de 3 x 0, com três gol de Américo. 

Neste sábado (10/10), Geraldo subiu ao gramado do Estádio Gilberto Siqueira Lopes para ser homenageado e dar o pontapé inicial do jogo entre o Clube Atlético Linense e União Barbarense. Ao intervalo, o Presidente José Hugo Moreira presenteou com uma placa de agradecimento o ex-jogador do Linense, pelos feitos alcançados à serviço do glorioso Elefante da Noroeste e que contou com a presença da família de Geraldo do Carmo. 

Avante Linense, Avante! 

(fonte: Clube Atlético Linense – O Elefante da Noroeste, de Wanderley Frare Junior)




CANAL DO TORCEDOR