COPA PAULISTA 2015: Sofrido, mas Linense chega à final da Copinha de 2015



Dramática foi o que os cerca de 8 mil torcedores presenciaram na partida entre o Linense e o Penapolense, realizada no Estádio Gilberto Siqueira Lopes, neste sábado (14/11). 

O Linense iniciava a partida contra o seu adversário em desvantagem de um gol e precisava de anular esse placar trazido de Penápolis, para tentar reverter a eliminação da Copa Paulista de 2015, nem que para isso, fosse necessário recorrer à marcação de pênaltis. 

O Linense entrou em campo com a vontade de reverter esse placar e entrou determinado em anular a vantagem do adversário, que entrou em campo tentando fechar todos os caminhos para o seu gol, suportando a pressão do Elefante da Noroeste e de sua torcida. 

Gabrielzinho teve em seus pés por duas vezes, claras chances de marcar para o CAL, mas a pontaria do jovem atacante não estava afinada e não surtiram efeito. Mas a polêmica estava por vir: Tássio Paixão marca gol limpo, levando a torcida à loucura, mas o árbitro anulou um gol dando impedimento para o camisa 7 do CAL. 

Na volta do intervalo, o Linense volta ainda com mais garra e tenta descobrir todos os caminhos para furar o bloqueio adversário. Para isso, saiu Tássio e entra Tardelli um jogador de área. E aos 40’ minutos, Tardelli sofre pênalti, que Thiago Humberto cobra com perfeição, deixando tudo igual e levando a decisão para as cobranças de pênaltis. Na marcação dos pênaltis, o Linense foi perfeito, não errando nenhuma cobrança. Já o adversário esbarrou no grande herói da noite no “Gilbertão”: o jovem goleiro Galletti faz duas belas defesas e saí ovacionado de campo e colocando o Linense na final da Copa Paulista de 2015, fato que não acontecia desde 2007.

 #EUACREDITO 

Avante Linense, Avante!




CANAL DO TORCEDOR