PAULISTÃO 2016: Linense sai na frente mas cede empate nos últimos segundos



Perante um publico de 10.500 torcedores, o Clube Atlético Linense conseguiu um importante ponto frente ao São Paulo FC, time que se apresentou na sua força máxima para encarar o Elefante da Noroeste, na partida realizada quarta-feira (30/03), no Estádio Anísio Haddad, na cidade de São José do Rio Preto, que terminou com o placar de 1 x 1. 

Por outro lado, podemos dizer que o Linense perdeu os três pontos da vitória ao permitir que o São Paulo empata-se a partida, com um gol “achado”  já nos acréscimos do tempo adicional concedido pelo árbitro Vinicius Araújo. 

O Linense entrou em campo com um ótimo posicionamento tático, tentando anular a artilharia pesada do São Paulo, e aos 13’ de jogo em resposta a um ataque adversário o meia do Linense Thiago Humberto, teve nos pés a oportunidade clara de abrir o marcador em São José do Rio Preto, obrigando o arqueiro Denis a boa defesa. Na sequência do lance, Thiago Humberto sentiu a parte posterior da coxa e teve de ser substituído.  Na sequência, Anderson Aquino também acabou substituído pelo Treinador Moacir Junior, tendo entrado Fillipe Soutto e Ricardinho para os seus lugares. 

Aos 26’, pênalti para o tricolor e cartão para o capitão Zé António. Chamado para a cobrança da penalidade máxima, Michel Bastos não teve a competência necessária para abrir o placar, acertando a base do poste, para alegria da Torcida do Elefantão e com 0 x 0 no placar se encerrou a primeira metade do jogo. 

Na retomada da partida, o time visitante se mostrou mais agressivo no ataque, porém sem incomodar de modo perigoso o gol de Oliveira. O Linense, inteligentemente, esperava o seu adversário e tentava partir em rápido contra ataque, especialmente com bolas lançadas ora para Ricardinho ora para William Pottker. Mas seria o capitão Zé António, a abrir o placar em São José do Rio Preto, aos 40 minutos com um golaço, um dos gols mais bonitos do Paulistão, com uma “bomba” de fora da grande área, em que a bola descreve uma curva e entra no gol são paulino, bem no canto direito do goleiro Denis. A Torcida Atleticana cala e gela o torcedor do tricolor paulista. 

Mas a “desilusão” do Linense surgiria a  escassos 40 segundos do final do tempo complementar com um bate e rebate dentro da área atleticana, onde a defesa não segue aliviar de modo eficaz a bola dentro de sua grande área e surge Kelvin para deixar tudo igual... Logo em seguida o árbitro deu por encerrada a partida, deixando tudo igual. 

Ficha técnica do CA Linense:

Goleiro Oliveira;

Paulo Henrique (Marcão), Adalberto, Jorge Luiz e Rogério; 

Bileu, Zé Antônio (Cap.), Leandro Brasília e Thiago Humberto (Fillipe Souto);

Anderson Aquino (Ricardinho) e William Pottker.

Técnico: Moacir Júnior 

Publico e renda: 10.510 Torcedores – R$: 518.545,00 

O Linense chegou aos 18 pontos no Paulistão e ocupa o nono lugar na tabela geral e mantém o seu terceiro lugar no Grupo A, grupo comandado pelo São Bento , com 24 pontos e na segunda colocação encontra-se o Santos, com 23 pontos. 

O Elefante volta agora a campo já no próximo domingo (03/04), no Estádio Barão da Serra Negra, às 11h00, para enfrentar o XV de Piracicaba, em partida valida para a 14ª rodada do Paulistão Itaipava de 2016.

#juntossomosmaisfortes 

Avante Linense, avante!




CANAL DO TORCEDOR